Prédios de SP terão de captar água da chuva

22/06/2010 22:59

 

 
 


 

Davi Franzon, Do Metro

 

Edifícios comerciais e residencias de São Paulo terão de construir reservatórios para captação de água das  chuvas, de acordo com projeto de lei aprovado na  Assembleia Legislativa. O texto agora segue para  sanção ou veto do governador Alberto Goldman  (PSDB).

De acordo com a lei, de autoria do deputado Rodolfo  Costa e Silva (PSDB), os reservatórios de captação  serão obrigatórios em prédios comerciais com mais de 500 m2 e nos residenciais em que morem mais de 50  famílias.
 

A lei determina que a água captada seja utilizada na  limpeza dos edifícios, rega de jardins e nos sanitários. Segundo o deputado, a lei também ajudará a aumetar  a permeabilidade do solo, reduzindo enchentes.

O prazo para adaptação dos prédios já construídos ou  em fase de acabamento será de dois anos, no caso dos comerciais, e de sete, para os residenciais.

No caso de obras ainda na planta, o texto determina  que, em 180 dias após publicação no “Diário Oficial”, os responsáveis incluam no projeto o espaço destinado para a captação. A assessoria do governador informou que ele ainda não recebeu o projeto.

cidades@eband.com.br 

Fonte:http://www.band.com.br/jornalismo/cidades/conteudo.asp?ID=318711 acessado em 22/06/2010

—————

Voltar